Chakra Project!

O que é o Chakra Linux?

O Chakra Linux foi criado no interior da Freenode, onde alguns desenvolvedores do KDEmod se reuniam para discussões sobre GNU/Linux. Em um desses encontros resolveram criar um pequeno LiveCD baseado no Arch Linux e com o passar do tempo o Chakra Linux tomou uma outra direção tornando uma distribuição fácil de instalar e usar. Seguindo a filosofia KISS, o Chakra Linux é super flexível na sua usabilidade, que tenta manter as coisas o mais simples possível. É uma distribuição do sistema operacional GNU/Linux, desenvolvida para ser usada em desktops ou portáteis com arquiteturas i686 e x86_64. O seu foco principal é no ambiente gráfico KDE e nos aplicativos desenvolvidos em Qt para manter seu sistema limpo de aplicações GTK. O Chakra Linux é half-rolling, onde as releases se baseam no KDE, isto significa que a cada nova versão do KDE haverá um novo release da distribuição. Atualmente, o Chakra Linux se encontra entre as 20 distribuições mais populares do DistroWatch.

 Fonte: http://www.chakra-linux.com.br/

Com este post tenho a intenção de apresentar a vocês essa excelente distribuição e algumas alterações e instalações que fiz para deixar o sistema ao meu gosto.

A instalação da distro é muito simples, acredito que não haverá problemas com esta parte.

Visto que o Chakra foi criado baseado no Arch Linux, o gerenciador de pacotes que a distro utiliza é o pacman.

Logo após instalá-lo a primeira coisa que fiz foi tentar atualizar o sistema rodando um “pacman -Suy” porém tive problemas em obter os pacotes dos servidores.

Quando o Chakra é instalado, por padrão ele busca os servidores mais próximos, mas nem sempre isso funciona.

A solução que encontrei foi substituir os servidores padrões, logo:

#nano /etc/pacman.d/mirrorlist

Comente os servidores padrões e adicione logo abaixo os seguintes:

Para versão 32 bits:

Server = http://chakra.c3sl.ufpr.br/$repo/i686

Server = http://mirror.rit.edu/kdemod/$repo/i686

Server = http://mirror.dacentec.com/chakra/$repo/i686

Para versão 64 bits:

 Server = http://chakra.c3sl.ufpr.br/$repo/x86_64

Server = http://mirror.rit.edu/kdemod/$repo/x86_64

Server = http://mirror.dacentec.com/chakra/$repo/x86_64

Como na imagem abaixo:

O primeiro servidor é o do Brasil e os outros dois dos EUA.

Feito isto, salve e feche o arquivo.

Ainda no terminal:

# pacman -Scc

# pacman -Syyu


E pronto!

– Instalando o repositório CCR

Chakra Community Repository (CCR) é um repositório de pacotes alimentado pelos próprios usuários do Chakra, para usá-lo precisamos instalar alguns pacotes logo:

#pacman -Sy autoconf automake bin86 bison ed fakeroot flex gcc libtool m4 make patch pkgconfig

– Instalando o Chakra-essentials

O pacote “charka-essentials” está disponível no repositório CCR, ele contém alguns codecs de áudio e vídeo, JRE6, plugin do Flash, entre outras coisas, logo:

$ ccr -S chakra-essentials

Obs.: O ccr funciona como o yaourt, logo você pode editar ou não os pacotes ao decorrer da instalação, para somente instalá-los responda não ao ser questionado pela edição do mesmo. Lembrando que o comando deve ser executado como usuário normal e não como root.

– Instalações

Para a instalação de pacotes basta utilizar o Bundle Manager como na imagem abaixo:

Ou o pacman através do terminal.

#pacman -S nomedopacote

– Instalando o repositório AUR

$ ccr -S aur2ccr

Esse script vai buscar um pacote no repositório AUR e instalá-lo no Chakra com o comando abaixo:

$ aur2ccr nome do pacote

– Instalando a Nvidia

# pacman -S nvidia-lts nvidia-settings nvidia-utils

Resultado final:

Para quem sempre quis utilizar o Arch Linux mas não queria “sofrer” com a sua instalação fica aqui uma excelente dica!

Abraço!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: